Artigos » Relacionamentos saudáveis

Relacionamentos saudáveis

Autor: Henrique Pagnoncelli
Fonte: Publicado Jornal Santa Catarina 15/08/2016

Uma pesquisa bastante peculiar conduzida nos últimos 75 anos pela Universidade de Harvard acompanha quase 800 pessoas em busca de resposta à seguinte pergunta: qual o segredo de uma vida longa feliz? Os resultados apontam, com segurança, que o que produz felicidade na velhice não é dinheiro, fama, nem realização profissional. A pesquisa identificou que as pessoas que experimentam uma velhice feliz têm algo em comum: nutrem seus dias com relacionamentos de qualidade. O que Harvard concluiu com relação a pessoas na velhice, prescinde de pesquisas para o ser humano em qualquer fase de sua vida. Já nascemos em uma relação com a mãe em seu ventre por nove meses. Ali o primeiro relacionamento com quem nos deu a Vida e com a vida se instaura. Fora do ventre materno, nos tornamos protagonistas de nossos relacionamentos. E tudo, absolutamente tudo nesta vida passa por relações. Nesta teia nos enredamos em nossas relações pessoais, familiares, sociais e profissionais. Por que alguns destes relacionamentos nos causam frustração e ferem o que chamaríamos de nossa expectativa? A resposta não é algo confortante: simplesmente porque depositamos em pessoas, expectativas, sonhos, que são nossos. Ao recitar aquele clichê você me machucou porque feriu minhas expectativas, responsabilizamos o outro por aquilo que sentimos e ainda o julgamos, quando não o extirpamos de nosso leque de relacionamentos.
E assim vamos colhendo ressentimentos nos mais diversos campos de relacionamentos. Quer uma relação que não lhe cause desilusão? Comece a nutrir a relação consigo mesmo. Uma relação leal consigo mesmo onde você tem conhecimento sobre sua história, suas raízes emocionais traz à tona uma série de fatos que se transmutaram nas tais expectativas sobre outras pessoas. Mas e você? Qual tem sido sua atitude ao cultivar relacionamentos? Quando estamos inteiros e em conexão com nosso eu interior, tratamos com leveza e maturidade emocional nossos afetos e relações profissionais.
Portanto, se deseja uma vida feliz cercada de relacionamentos saudáveis, não adie mais este encontro com seu eu mais profundo. Olhe para as suas limitações, afinal são resultados de toda uma programação que começou lá no ventre de sua mãe. Muitas dessa programações foram reforçadas e novas foram adquiridas ao longo da infância. Reprogramando seu subconsciente você melhora sua autoimagem e eleva sua autoestima e com isso suas relações podem melhorar significativamente, uma vez que os semelhantes se atraem. Siga adiante nesta relação consigo mesmo, permita-se rever e mudar suas atitudes, assumir erros e parar de julgar as pessoas. Quanto mais você se conhecer, mais inteiro estará para qualquer relacionamento. Não espere a velhice chegar para ser feliz. Permita-se aceitar sua verdade hoje para que os relacionamentos saudáveis estejam presentes em todos os campos de sua vida.




« Voltar aos artigos